Membro da SBAIT conclui mestrado na UNICAMP

fraga-ribeiro-romeo-parreira-elcio-brenelli-e-jose-mauro

Fraga, Ribeiro, Romeo, Parreira, Elcio, Brenelli e José Mauro.

Na última quinta-feira (16/02/2017) o Cirurgião do Trauma e membro da Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado (SBAIT), Romeo Lages Simões defendeu sua dissertação de mestrado pela Pós Graduação da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), com o título: “Impacto da participação na Liga do Trauma na especialização em cirurgia geral entre os formandos em medicina na Unicamp”.

A dissertação com enfoque em educação / ensino em trauma buscou mostrar a influência que a Liga do Trauma da Unicamp exerceu na formação dos Egressos da Unicamp, sobretudo na escolha da especialização dos mesmos, além de traçar um perfil dos ex-ligantes do trauma ao longo dos seus últimos 20 anos. Fundada no ano de 1992 a Liga do Trauma da Unicamp completa 25 anos de existência em maio de 2017.

O estudo mostrou que a Liga do Trauma exerceu influência na escolha pela carreira cirúrgica três vezes mais (36,1% entre os 363 ex ligantes) em relação ao grupo de cirurgiões que não fizeram Liga do Trauma (12,5% entre os 2011 egressos em Medicina na Unicamp).

O presente estudo é relevante, sobretudo por mostrar o impacto que a Liga do Trauma exerce e pode exercer quando bem orientada, e quando detentora de critérios rígidos de funcionamento garantido qualidade às atividades desempenhadas pela mesma. Segundo Dr. Romeo Lages Simões, “o fenômeno das Ligas do Trauma do Brasil são um importante caminho alternativo para o ensino ao trauma nas escolas médicas, já que as matrizes curriculares da maioria dos estudantes de medicina do país não possuem a Disciplina Cirurgia do Trauma inserida nas grades curriculares”. Dr. Romeo ainda complementa: “o nosso estudo não propõe que as Ligas do Trauma sejam um instrumento de ensino substitutivo nas escolas médicas, mas propõe que nas escolas médicas que não possuem em suas diretrizes curriculares a disciplina trauma, que as Ligas do Trauma sejam conduzidas sob orientação adequada para que suas atividades possam suprir as deficiências da formação médica que está aquém neste tema”.

ribeiro-fraga-e-brenelli

Ribeiro, Fraga e Brenelli.

A Banca da Dissertação de Mestrado foi Presidida pelo Prof. Dr. Gustavo Pereira Fraga (Professor Associado e Coordenador da Disciplina de Cirurgia do Trauma da Unicamp), pelos membros titulares da Banca: Prof. Dr. Sigisfredo Luís Brenelli (Professor Assistente de Clínica Médica da Unicamp e Presidente da Associação Brasileira de Educação Médica – ABEM); Prof. Dr. Marcelo Augusto Fontenelle Ribeiro Junior (Docente da Universidade Santo Amaro – UNISA e Membro da SBAIT); além dos membros suplentes: Prof. Dr. José Gustavo Parreira (Docente da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e membro da SBAIT) e Prof. Dr. Élcio Shiyoiti Hirano (Docente Unicamp e membro SBAIT).

fraga-ribeiro-romeo-parreira-elcio-brenelli-jose-mauro-e-calderan

Fraga, Ribeiro, Romeo, Parreira, Elcio, Brenelli, José Mauro e Calderan

Na plateia entre os presentes estavam o Prof. Dr. José Mauro S. Rodrigues (Presidente SBAIT) e o ex-presidente de Comitê Brasileiro das Ligas do Trauma (CoBraLT) Paulo Klein, o primeiro Coordenador da Liga do Trauma da Unicamp, Dr. Admar Concon Filho, e o atual Coordenador da Liga, Dr. Thiago Rodrigues de Araújo Calderan.

O Presente estudo foi submetido para publicação e está em processo de revisão no World Journal of Surgery.

Advertisements
This entry was posted in News and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s