Marttos fala sobre a preparação na área da saúde para as Olimpíadas 2016

Apresentação foi tema de palestra durante o XXXI Congresso Brasileiro de Cirurgia

DSCN0557

Dr Antonio Marttos (EUA durante sua apresentação

No segundo dia da programação do XXXI Congresso Brasileiro de Cirurgia,  Dr Antonio Marttos ( EUA), membro honorário da SBAIT e médico do Comitê Olímpico Brasileiro compartilhou com os participantes do congresso pontos da preparação na área da saúde para as Olimpíadas 2016, a ser realizada no Rio de Janeiro.

A Olimpíada 2016 contará com 10903 atletas, de 205 países, 45000 voluntários, 25000 profissionais de mídia e 7000 membros de delegações . Já os Jogos Paralímpicos receberão 4350 atletas de 178 países, 25.000 voluntários, 7200 profissionais de mídia, 3000 membros de delegações e 1300 técnicos oficiais. Para atender a essa demanda, a área de saúde já está se preparando há alguns anos, visitando edições anteriores do evento, fazendo reuniões de planejamento e simulados.

DSCN0564

Antonio Marttos, Tércio de Campos e Daniel de Lima durante debate

Marttos explicou como o sistema de atendimento na área da saúde será implantado, envolvendo cada área de competição, em diferentes regiões da cidade. Cada hospital será responsável por diferentes grupos de clientes (Midia, atletas, turistas, etc.). Ao todo, os profissionais da saúde atenderão em 36 áreas de competições, 20 áreas de treinamento, na Vila Olímpica, nas 5 Vilas da mídia, nos hotéis da família olímpica e paralímpica e durante as cerimônias de abertura e encerramento.

A policlínica, localizada na Vila Olímpica, possuirá funcionará 24 horas como um centro multidisciplinar, similar a um pequeno hospital para oferecer cuidados médicos para todos os atletas e oficiais.

A área da saúde contará com aproximadamente 5000 voluntários durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, incluindo profissionais de medicina do esporte, cirurgia do trauma, enfermagem, odontologia, oftalmologia, fisioterapia.  90% dos médicos serão voluntários, trabalhando em diferentes papeis, na policlínica, no atendimento em campo, etc.

Marttos finalizou com uma mensagem de motivação para os presentes, ressaltando que, apesar de todo o complexo momento em que o país vive, que permitam-se serem contagiados pelo espírito olímpico. Para ele, a grande mensagem que fica do congresso, é que “nós podemos mais, nós temos que querer mais. Cada ser humano do Brasil merece mais. Os Jogos Olímpicos serão a oportunidade de mostrar ao mundo o que temos de melhor. Vamos deixar esse legado, mostrar aos governantes que na área de saúde nós queremos mais, podemos mais e vamos exigir mais”.

 

This entry was posted in News and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s