Conferência “Trauma e emergência: O SUS é a solução?” levou os presentes à reflexão sobre o tema.

IMG_20140926_141120489_HDR

Dr Gustavo P. Fraga durante a conferência.

O presidente da SBAIT, Dr. Gustavo P. Fraga, tornou a conferência “Trauma e emergência: O SUS é a solução?,  eixo central do XI Congresso SBAIT, em um espaço de reflexão e debate sobre o tema, propondo elaborar conjuntamente a resposta para essa questão.

Na questão do Trauma, Dr Fraga estima que cerca de 99% da população recorre aos hospitais do SUS para atendimento. Por outro lado, é muito recente no país a organização das políticas de urgências e emergências. Desde o início dos anos 2000, com o estabelecimento de diversas portarias, o atendimento pré-hospitalar e os hospitais de referência ao trauma começaram a ser estruturados, decidindo por tornar o Trauma no Brasil, um sistema de urgência e emergência integrado.

A SBAIT participou ativamente desse processo, participando de discussões junto ao Ministério da Saúde, contribuindo para a criação da Rede de Atenção ao Trauma, que já está ativa, com a publicação das portarias, porém necessita ainda de alguns ajustes, como a questão do repasse do financiamento da linha de atenção ao trauma aos hospitais.

Mas o que nós, profissionais da saúde podemos fazer para que, de fato, o SUS seja a solução?

Para Dr. Fraga e diversos convidados participantes do debate, a SBAIT possui uma grande parcela de contribuição para tornar o SUS uma solução, pois a Sociedade é feita de pessoas. E são essas pessoas que trarão as soluções para o problema do Trauma no país.

Dr. Fraga convidou para compor a mesa, além do presidente da mesa, Dr Andre Gusmão  (BA), o Dr. Paulo Espada (SP), Dr. Hamilton Petry de Sousa,( RS) e Dr. Paulo Silveira (RJ).

Os convidados e diversos participantes da plateia compartilharam com os presentes sua experiência nos serviços em que atuam mostrando o cenário do sistema em diversas regiões do país e sua opinião sobre essa questão.

O debate levou à conclusão de que a resposta para a questão: Trauma e emergência: O SUS é a solução? depende de pessoas, dos profissionais que atuam no SUS diariamente. A resposta virá daqui a alguns anos, com as futuras gerações de médicos, como os acadêmicos de medicina presentes no XVI CoLT, que acompanharam a discussão.

This entry was posted in News and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s