Saúde padrão FIFA

SINDIMEDEm ritmo de Copa do Mundo, o Sindimed Bahia incluiu na sua campanha de sindicalização uma camiseta verde e amarela para os médicos torcedores, estampando, na frente, o slogan “Queremos Saúde Padrão FIFA”.

Nada mais apropriado, afinal, os recursos investidos em estádios e instalações de apoio aos jogos da Copa, se fossem feitos no Sistema Único de Saúde, o Brasil poderia, finalmente, exportar o modelo, que tem tudo para funcionar. Menos os recursos financeiros necessários.

A mensagem do Sindimed certamente resume e representa o sentimento da categoria, que luta pelo fortalecimento do SUS, por melhores condições de trabalho e de atendimento à população.

O sistema público de saúde possui grandes hospitais, mas a estrutura é insuficiente para as demandas da população.

O Brasil é o único país dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) com um modelo de saúde pública que é bastante elogiado, mas peca na sua execução.

O que assistimos com os gastos da Copa do Mundo é uma inversão de valores dos governantes, além da ineficiência da gestão pública. Uma breve comparação com os investimentos previstos para a saúde pode revelar o quanto essa área vital carece de atenção. Um investimento padrão FIFA na saúde do Brasil viria bem a calhar, assim como, com certeza, minimizar o sofrimento de muitos brasileiros que peregrinam pela rede pública em busca de um atendimento digno.

Compartilhe, divulgue. Junte-se a nós nesse grito:

QUEREMOS SAÚDE PADRÃO FIFA!

Sindicato dos Médicos da Bahia – SINDIMED BA, com apoio da SBAIT-BA

This entry was posted in News and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s